Para quem está distante do mercado digital, vender infoproduto parece um grande desafio. A verdade é que é relativamente simples, mas você precisa entender alguns segredos para vender de verdade.

Se você está pensando, então, em ingressar no mercado, ou mesmo quer melhorar suas vendas e descobrir como vender curso online da maneira certa, este artigo é para você.

No vídeo abaixo, eu também dou algumas dicas cruciais sobre o assunto, então, assista e continue lendo este artigo!

CLIQUE e Inscreva-se no canal:

 

Existem diferentes tipos de clientes de curso online

A primeira coisa que você precisa entender para vender infoproduto, é que os clientes são diferentes. Totalmente diferentes!

O que isso significa? Que você não vai conseguir vender para um, o que só daria certo para outro. E isso vai muito além do nicho em que você atua, ou mesmo idade, gênero ou qualquer outra informação sobre o seu cliente.

Eu consigo listar aqui os 3 principais tipos de clientes que você pode encontrar no seu mercado. Mas vale lembrar que nenhum desses tipos de clientes de infoprodutos são melhores ou piores que outro: todos são fundamentais para o seu negócio!

1. Festeiro

O primeiro tipo de cliente, e que é bem provável que você não conheça, é o “festeiro”. Esse é o tipo de cliente mais animado, e é importante que você saiba disso, porque precisará de um conteúdo específico que atraia esse tipo de público.

Em outros termos, ele é o cara que quer contatos. Ele não quer apenas informação, ele quer oportunidade para conhecer novas pessoas do meio, formar relações.

Ele prefere os treinamentos presenciais, mas não quer dizer que ele não consuma também infoprodutos digitais. Por isso, mesmo que você só tenha um produto digital, é essencial pensar em estratégias para chamar a atenção do “festeiro”.

Um bom exemplo é a criação de um grupo no Facebook só com os participantes do curso. Isso abre um espaço único de socialização, que esse tipo de cliente vai adorar.  

2. “Aprendedor”

Ah, esse tipo de cliente você com certeza conhece pelo menos um. É um dos que mais tem! Inclusive, eu mesmo sou um pouco como um “aprendedor”.

Ele é um acumulador de conhecimento, o tipo de cara que compra cursos sobre qualquer assunto que é do interesse dele. Vender infoproduto para ele é muito mais fácil, mas você precisa oferecer algo de verdade.

Ou seja, ele não está interessado em cursos clichês e nem em algo que ele já viu outras 10 vezes em outros cursos. Ele quer informações diferentes, ele quer muita teoria.

Por isso, para agradá-lo você precisa ter uma ala no seu infoproduto que lide diretamente com a teoria. Que explore pelo menos uma parte do assunto bem à fundo.

3. O cara que executa

Esse tipo de cliente não é tão comum, mas é um dos mais importantes. O problema é que chamar a atenção dele não é tão fácil assim.

O “cara que executa” é aquele que sabe a teoria, e até se interessa por ela, mas quer saber muito mais da parte prática. Ele não está interessado num e-book de 500 páginas sobre “o que é o mercado digital”.

Esse tipo de cliente quer aprender como botar as coisas em ação. Ele quer ler sobre os passos que precisa seguir para conseguir fazer o que quer.

Isso significa que você precisa trabalhar o seu infoproduto com partes práticas, ensinando o cara a pôr em prática aquilo que ele quer. Geralmente, ele nem lê todo o seu material, ele vai direto naquilo que ele considera útil para pôr seus planos em prática.

Você precisa se comunicar com esses 3 públicos

Esses são os 3 tipos de clientes que você vai encontrar na hora de vender infoproduto. Ainda assim, eles estão longe de ser excludentes.

Ou seja, se você quer entender de verdade como vender cursos, principalmente cursos online, precisa reconhecer esses públicos como importante para o seu negócio.

Focar em apenas um deles é uma forma errada de vender seu produto digital, e mesmo focar em apenas 2 é uma maneira de perder dinheiro. Você precisa se comunicar com os 3!

Como fazer isso? Produza conteúdo sempre pensando nesses 3 tipos de clientes, e insira no seu material coisas que vão interessar todos.

Coloque um pouco de teoria, para agradar o “aprendedor”, invista em formas de trabalhar a socialização entre as pessoas que compraram o curso, para agradar o cara que gosta disso, e também trabalhe com a prática.

E se você gostou dessas dicas, com certeza vai gostar também de meu artigo sobre como criar infoprodutos que vendem.

Os 9 Gatilhos Persuasivos do Marketing

privacy Não enviamos SPAM

Comentários