Saber como trabalhar o marketing não é algo de agora. E, mais do que isso, devemos muito desse conhecimento aos comerciais antigos, que conseguiam atingir o seu objetivo com uma facilidade incrível.

No entanto, com o passar do tempo, fomos otimizando as relações, investindo em tecnologias. E, por incrível que pareça, esse contato com clientes parece cada vez mais distante e com certa dificuldade de obter seus resultados.

Por isso, elenquei alguns pontos que reforçam os ensinamentos que os comerciais antigos trazem. Espero que, por meio deles, você consiga enxergar as possibilidades de se conectar ainda mais com seus clientes.

 

Como trabalhar o marketing

As formas de como trabalhar o marketing são diversas, e vão depender muito mais de suas condições e habilidades do que do produto em si, que vai ser somente o objeto que deverá ser vinculado as suas ações.

Definir um ponto inicial é importante para que você possa cumprir etapas estratégicas. Esse ponto inicial tem como base o que você deve focar e deve, também, estar de acordo com o seu orçamento, sua disponibilidade e sua criatividade para inovar sempre que necessário.

Pensando nisso, alguns comerciais antigos nos mostram lições valiosas de marketing, que são tanto positivas quanto ensinamentos do que você não deve fazer. Listei aqui as principais para você conferir. Dá só uma olhada!

 

Reforço da marca

Um dos pontos mais fortes dos comerciais antigos é o fato de reforçar a marca, e isso independentemente do contexto.

Fato é que essa ação tem se perdido ao longo dos anos. Alguns empreendedores trabalham com o sentido do mistério, ou da surpresa, e fazem isso suprimindo o nome da marca ou, até mesmo, o produto até o último momento.

Porém, isso pode gerar desinteresse no público, que logo sai em busca de algo mais direto e que traga as informações que ele busca. Lembre-se que o público quer soluções, não mistérios.

 

Aplicação do produto no dia a dia

Outro ponto muito explorado nos comerciais antigos e que, ultimamente, não se observa, é o impacto que o produto ou a marca pode exercer no seu dia a dia, com as aplicações práticas, e dicas importantes.

Desde sempre, quando alguém quer comprar alguma coisa, ele quer saber para que serve aquele produto, ou qual a utilidade que ele pode possuir no seu dia, tendo em vista sua vida corrida e intensa.

Por este motivo, é interessante trabalhar esse tipo de conteúdo dessa forma, para que as pessoas saibam quais são as melhorias que o seu produto pode oferecer em termos práticos.

 

As mudanças na rotina

O mesmo conceito se aplica nesse ponto, que é a mudança que o seu produto pode provocar em uma rotina (como a de comprar sempre um produto de determinada marca).

Mas é preciso ter cuidado com esse tipo de intervenção para que você não exagere em alguns pontos e todo o seu trabalho fique com descrédito por algum tipo de situação que não existe na realidade.

 

Conceito de investimento

O conceito de investimento aparecia recorrentemente nos comerciais antigos, e essa é uma das formas de se trabalhar com o marketing, já que você precisa convencer seu público de que aquele não é um gasto comum.

Muito se fala dos benefícios, mas poucas pessoas acabam falando de investimentos e do poder que uma boa compra tem no dia a dia de uma família, por exemplo. Então falar sobre investimentos é uma boa opção de se diferenciar da concorrência; e de apresentar ao seu público uma nova realidade sobre o consumo de um produto.

 

Enfim, existem muitas formas de trabalhar o marketing, mas as antigas ainda são funcionais hoje em dia, e certamente temos muito a aprender com elas.

Espero que este artigo tenha te ajudado com algumas ideias de estratégias a adotar no seu negócio. Aproveite e conte aqui nos comentários qual comercial antigo é o seu preferido.

 

 

 

 

 

 

 

 

Comentários