Se você trabalha há algum tempo no mercado digital, com certeza já ouviu falar do funil de vendas. Mas, ao contrário do que se imagina, ele não é exclusividade dos negócios digitais, e podem otimizar muito do processo de venda dos negócios físicos.

A verdade é que, mesmo entre aqueles que já ouviram falar desse processo, é muito incomum ver alguém que sabe mesmo o que é um funil de vendas.

Esse é seu caso? Calma que vou te ajudar! Neste artigo, você vai descobrir o que é esse famoso funil de vendas, e vai aprender a usar isso a favor do seu negócio.

O que é um funil de vendas?

A grande pergunta, e a mais necessária para que você comece a transformar sua empresa numa máquina de vendas, é essa. O que é, afinal, um funil de vendas?

O funil de vendas é, basicamente, uma sequência de ações que levam a uma venda. Mas não estamos falando exclusivamente de vendas, mas também de qualquer outra ação que beneficie o seu negócio, como uma curtida em sua fanpage ou a fidelização de um cliente.

Então, é muito mais fácil pensar no funil como um relacionamento. Algo que você vai nutrindo com o seu cliente logo a partir do primeiro momento, aquele em que ele se mostra interessado pelo seu produto.

Quando você sabe guiar esse relacionamento, fazê-lo tomar ações, como a compra, é muito mais fácil. Você passa a ter controle sobre uma parte do que seus clientes fazem dentro do seu estabelecimento.

Em outros artigos, já falamos sobre a importância de ter um ambiente de vendas controlado. Confere esse texto também, que vai ser útil para você pensar no funil de vendas da sua empresa.

No entanto, para ser justo, esse processo é muito mais simples do que você imagina. Logo abaixo, vou explicar um pouco melhor alguns dos passos de um funil de vendas comum.

Digamos, então, que você esteja passeando no shopping, seja sozinho, seja com a sua família. Você passa por uma loja e vê um produto que é de seu interesse. O caminho que você pode seguir, é:

1. Você viu e se interessou por um produto. Decide entrar na loja.

Quando você pensa o que é funil de vendas, precisa entender que ele é um processo, uma sistemática de ações. Nesse caso específico, o funil começou assim que você viu o produto na loja e sentiu interesse.

É possível que você tenha parado diante a vitrine. Tem gente que vai só olhar a vitrine e não ter interesse de entrar, mas a partir do momento que um cliente entra na loja, podemos dizer que o relacionamento entre o negócio e ele começou.

2. Você começa a perguntar informações do produto ao vendedor

Você, como comprador interessado, decide perguntar ao vendedor algumas informações. Podemos dizer que este é o segundo momento do funil de vendas dessa empresa específica.

Os vendedores precisam estar preparados para informar o consumidor e dar a ele o que é preciso para que a compra seja decidida.

3. Você pede para pegar ou até testar o produto ali na hora

Nesse terceiro momento, as respostas do vendedor provavelmente te agradam, e você pede para pegar o produto ou até testar.

O importante, aqui, é você entender que nem todos os clientes daquela loja chegam o até essa etapa do funil de vendas. É possível que depois que ele pergunte as coisas para o vendedor, perca o interesse.

Por isso a ideia é de um funil, o número de pessoas que participam de cada etapa vai diminuindo de acordo com o interesse deles naquele produto.

4. Você decide comprar o produto

O objetivo de todo empreendedor é ver seu funil de vendas chegar nesse momento. A venda de um produto exige um processo, em que o cliente é convencido de que seu dinheiro vale menos que aquilo que o produto entrega.

Porém, nem de longe isso quer dizer que o funil de vendas da sua empresa deve se resumir ao exemplo que te mostrei aqui. Como eu disse, há o funil de vendas é um relacionamento que pode (ou não) gerar uma série de ações.

O funil nem sempre termina na 1ª venda

Aliás, um grande mito sobre o que é funil de vendas é com relação ao seu término. Ao contrário do que muitos podem pensar, o funil não precisa terminar logo após a 1ª venda.

É comum empresas que possuem um funil de vendas que só termina depois da 2ª ou 3ª compra de uma pessoa. Isso, principalmente, em lojas que atuam em nichos específicos, como lojas de material de esportes, por exemplo.
Entendeu, enfim, o que é o funil de vendas e a importância dele para seu negócio? Se você está procurando maneiras de aperfeiçoar seu funil de vendas e torná-lo mais eficiente, confira também meu artigo sobre as ferramentas de e-mail marketing que eu mais uso e recomendo!

Os 9 Gatilhos Persuasivos do Marketing

privacy Não enviamos SPAM

Comentários