Depois de anos dedicando todo esforço em seu negócio, você já pensou que uma alternativa de lucrar ainda mais é vender sua empresa e ganhar quase ou mais de R$ 1 bilhão?

A ideia pode soar mirabolante e até impossível para você agora, mas saber vender a empresa é um passo que pode mudar tudo em sua experiência como empreendedor. Quer descobrir como?

Eu, Rafael Albertoni, quero contar para você os ciclos de como vender sua empresa, e apontar todos os benefícios por trás dessa prática. Confira o vídeo abaixo e continue lendo este artigo para entender melhor o que quero dizer.

CLIQUE e Inscreva-se no canal:

Vender sua empresa é o melhor caminho

Enquanto conversava com um amigo, o Flávio Augusto, percebi como vender sua empresa pode ser um ótimo negócio – tão bom quanto todo o processo de criá-la e ver a mesma se desenvolver durante os anos.

Ele, um empreendedor já renomado em sua área, me contou que vendeu sua empresa Wise Up por R$ 880 milhões. Foi então que eu percebi quanto essa alternativa é tão pouco usada por empreendedores brasileiros.

Existem apenas 3 caminhos para o “fim” de uma empresa, seja ela qual for.

  1. A falência
  2. Ser herdada por familiares
  3. Ser vendida

Para um empreendedor nato num bom mercado, a melhor das alternativas é a terceira. Ver sua empresa sendo vendida por valores bilionários é a prova que você trabalhou bem, e também a possibilidade de você usar esse dinheiro para investir em novos negócios.

Mas, afinal, como vender sua empresa?

Essa pergunta pode chegar à muitos empreendedores como algo sem resposta. Ao invés de vender sua empresa apenas quando o mercado está fraco ou a mesma está quase chegando à falência, você, como empreendedor, deve desenvolver um trabalho focado na futura venda.

Isso significa que a sua empresa, agora, não é apenas um negócio, mas também um grande e enorme produto que você pretende vender para outros investidores no futuro. Isso permite que você pense nela com toda a lógica do produto: uma empresa de qualidade, com boa base e “diferenciais” que convencem os investidores de comprá-la.

3 passos para vender sua empresa e lucrar até mais de R$ 1 bilhão

Uma boa venda de empresa depende de diversos fatores, e alguns deles precisam ser pensados antes mesmo de você criar o seu negócio. De um modo geral, existem 3 passos fundamentais na hora de vender empresa.

1- Identifique se há oportunidade no setor em que você atua

O primeiro desses passos é identificar a real oportunidade de um setor, qualquer que seja. Se você já tem sua empresa criada e quer começar a desenvolver um trabalho focado na venda a partir de agora, precisa pesquisar para ver se mercado em que atua tem grande potencial.

É possível, por exemplo, que dentro do seu mercado só haja espaço para vendas de até R$ 30 milhões. Esse valor já é ótimo, mas está longe de outros setores, que oferecem até mais de R$ 1 bilhão na venda de empresa.

2- “Surfe” a onda certa

Caso você ainda não tenha criado uma empresa, identificar os nichos em ascensão é uma forma de criar um negócio já com grande potencial de venda bilionária. Uma olhada mais apurada no mercado pode te mostrar alguns dos setores que mais crescem.

“Surfar” a onda não é simplesmente seguir o que parece ser uma moda, mas identificar um mercado em crescimento e fazer surgir daí uma empresa com força e qualidade. Isso exige, claro, muito esforço, persistência e pesquisa.

O empreendedorismo, assim como outros setores, tem suas tendências que ganham e perdem força em determinados períodos de tempo. Isso significa que aquelas tendências de mercado de agora provavelmente são as que mais darão oportunidade bilionárias para você quando vender a empresa.

Uma pesquisa também vai te indicar se outras empresas dentro dessas tendências de mercado já tiveram vendas bilionárias. Essa pode ser até uma forma de você identificar o real potencial desse setor e quanto você pode conseguir quando vender a empresa.

3- Tenha o “time” para agir

O segredo do empreendedorismo está no “time”. Saber como e quando agir é o que separa você de um bom negócio, daquele negócio com resultados menos significativos.

Assim como um investidor na bolsa de valores, você precisa saber o momento certo para criar a empresa e também o momento ideal para se desfazer dela numa venda bem sucedida. Da mesma forma que, como um investidor, você teria que ter uma noção de quando comprar ações e quando vendê-la, para conseguir um lucro real no processo.

Se é uma aposta? Claro que sim, mas também é questão de você saber olhar para o mercado e sentir o seu momento.

Por exemplo, contextos de instabilidade política e econômicas são péssimos momentos para vender empresa, mas já pode ser muito vantajoso para a compra.
Não espere mais. Crie uma empresa que seja um produto para você, ou seja, preparada para ser vendida. Assim, você não só alcançará a excelência através de uma empresa muito mais forte, como também lucrará mais com o processo de venda!

CTA Copy Express - O segredo para vender sua empresa por R$ 1 bilhão

privacy Não enviamos SPAM

 

Comentários