Copywriting é uma arte e uma ciência ao mesmo tempo, e trabalhar bem com suas técnicas envolve muito estudo!

Eu mesmo, em muitos anos, aprendo todos os dias trabalhando nessa área.. Porém, sempre leio e procuro novidades para poder compartilhar com vocês e com meus alunos, assim aprenderemos juntos!

Hoje, por exemplo, separei algumas dicas que utilizo há tempos para melhorar a conversão de diversos textos. Quer ver quais são estes insights de ouro? Confira este artigo!

Como utilizar o copywriting da melhor maneira e garantir a conversão

Para escrever com foco em conversão o copywriting é, sem dúvida, a melhor alternativa. Foram anos de estudo para aperfeiçoar as técnicas de persuasão envolvidas nesse tipo de escrita, e os resultados são expressivos.

Porém, além disso, ainda existem alguns pontos que merecem a atenção de quem deseja fazer textos focados em converter. Veja:

1. Chame a atenção!

O que fez você clicar neste artigo e não no de baixo?

Sim. O título!

Criar um título chamativo é, sem dúvida, o primeiro acerto.

O início do texto deve seguir a mesma linha, e precisa manter a atenção até o primeiro tópico. Cada frase deve trazer de volta o leitor, senão ele vai embora e você nunca mais o verá.

No entanto, pense nos limites: fazer tudo parecer um espetáculo pode ser desinteressante. Chamar a atenção não é criar uma atmosfera sensacionalista sobre o assunto, e sim atrair pela qualidade do que é dito e por meio do direcionamento correto.

2. Mostre que você conhece seu leitor

Toda estratégia de comunicação conta com uma fase que é a de descoberta de quem procura seus serviços. É nesse momento que você deve colocar as informações conseguidas em prática!

Demonstre por meio de suas pautas que você conhece quem está lendo seu texto, exponha problemas sabe que são aquele pelos quais ele passa e mostre seu produto como solução.

3. Compare!

Utilizar suposições ou histórias reais como exemplo é algo que funciona bem na escrita persuasiva. Você pode, de maneira inteligente, levar o leitor a se encontrar no exemplo.

Assim, se aquilo que for exposto na suposta história for algo complicado também para o leitor, ele entenderá que o que você oferece realmente pode ser uma ótima chance de ele solucionar o problema.

Curtiu os insights? Aproveite para colocá-los em prática junto dessas 5 dicas para fazer textos persuasivos!

Comentários