Os textos persuasivos têm um objetivo principal, convencer o leitor a agir agora.

Ok, mas de que adianta ter ótimos argumentos se o leitor não chegar até o final do texto, por que ele está chato de ler? Um texto que não gera vontade de continuar lendo é o pior que pode acontecer na hora da escrita!

Por isso, é MUITO importante manter a atenção de quem lê sempre nas palavras, o tempo todo.

Se você ainda não sabe muito bem como fazer isso ou quer aperfeiçoar suas técnicas, trouxe algumas dicas especiais neste artigo. Confira!

Como manter a atenção do leitor ao longo de textos persuasivos

A primeira coisa que você precisa saber sobre isso é:

Não existe texto (ou vídeo) longo, existe texto chato!

Mesmo com todas as técnicas de persuasão empregadas corretamente, se o seu texto não ENVOLVER o leitor, ele vai parar de ler, fazer outra tarefa ou mudar de página, por exemplo.

É por essa razão que, além de aplicar todo o conteúdo necessário para que os textos persuasivos tenham o efeito esperado, você precisa investir em alguns elementos para não deixar o leitor tirar os olhos do seu trabalho.

Veja algumas dicas:

Conte histórias SEMPRE que puder

Já falamos sobre a importância do storytelling para o copywriting aqui no blog, mas além disso, você precisa acreditar naquilo que você escreve.

Não é nada recomendado você inventar uma história simplesmente por inventar. Ela precisa ter ALMA. Antes de envolver o leitor você precisa SE SENTIR PARTE da história que você conta e ter plena confiança nela.

Lembre-se disso sempre! Uma boa história começa no momento em que ela te convence de que precisa fazer parte do seu texto.

Trabalhe com as analogias

Existem, às vezes, algumas especificações mais técnicas ou complexas que você precisa descrever, principalmente em um texto para copywriting de um produto ou serviço em especial.

Isso pode parecer um desafio para o leitor, mas você pode mudar isso! Como? Compare e exemplifique.

Imagine de quantas formas diferentes você pode explicar como funciona algo. Veja, por exemplo como eu expliquei o que é neuromarketing aqui no blog.

A ideia é sempre levar tudo para o universo do leitor. Separe pequenas partes comuns do cotidiano e utilize para explicar o que for necessário.

Pergunte para o leitor (e responda!)

Ao ler um texto e se deparar com uma pergunta feita diretamente para você, o que você faz? Você responde mentalmente, mas busca saber se está certo mais à frente?

É por isso que você precisa trabalhar com perguntas em seus textos persuasivos, e depois respondê-las, até mesmo em outro artigo!

Este recurso traz o leitor para dentro do texto e ainda o deixa intrigado, principalmente se você mostrar ter a mesma dúvida que ele e atingir uma resposta ao longo do texto, com a qual vocês dois se identificarão.

O que achou das dicas? Quer colocá-las em prática? Então aproveite e veja 5 dicas de copywriting para aplicar ao seus textos!

Comentários