Muitas pessoas que não sabem como vender bem atribuem tal feito a um dom de vendas, não a uma habilidade.

Ou seja, algo que já nasce com a outra pessoa, uma predisposição para realizar aquela atividade.

Normalmente, esse termo sempre é utilizado e até nos faz pensar que, se não temos bons resultados com vendas – se não temos esse “dom”, estamos deslocados e fazendo algo que não vai garantir nosso futuro.

Por isso, é interessante que comecemos a pensar que vender bem não é necessariamente um dom, mas, sim, uma determinação nossa a aprender algumas habilidades específicas.

Neste sentido, resolvi trazer algumas justificativas para que você entenda o motivo de considerar a venda como uma habilidade, e não um dom.

Ao final, vou te dar algumas dicas de como vender bem e desenvolver essa habilidade que é simples; e que deixamos de lado, justamente, por considerar que é algo inato do ser humano.

 

O que é um dom?

Primeiro, vamos para as definições: dom, segundo o dicionário, é uma aptidão que algumas pessoas recebem desde o nascimento, tendo uma inclinação para algum tipo de trabalho em especial e também algumas habilidades.

Considerar que alguém possui um certo dom, é considerar que ela nasceu com aquelas habilidades e que outras pessoas nasceram com outras habilidades, as quais, necessariamente, não as permite realizar outras atividades.

Sendo assim, cada pessoa nasceu com um dom para alguma atividade e isso a impede de fazer um tipo de trabalho diferente. Ou, pelo menos, demanda um tempo maior para adaptação e realização do mesmo.

Esse já é um tipo de pensamento que não é mais utilizado, ainda mais em vendas, onde vemos algumas pessoas se destacarem por sua facilidade de lidar com o trabalho e, também, pelos altos índices de conversão.

Se deixarmos de considerar que o fato de vender bem está ligado a um tipo de dom, devemos adotar a vertente de habilidades, como as mesmas são adquiridas ou lapidadas.

 

O que é uma habilidade?

Por outro lado, a habilidade não é considerada algo que já nasce pronto com o ser humano. E, mais do que isso, é algo que deve ser trabalhado, recorrentemente, como um potencial constante para alguma atividade.

Por isso, considerar uma habilidade é considerar também que qualquer pessoa pode desenvolver técnicas de vendas. Inclusive, consegue aprimorar tais técnicas, obtendo um resultado muito mais efetivo.

Exatamente, grande parte dos especialistas tem observado e apostado, não somente no dom e nas habilidades inatas, mas, também, no desenvolvimento de potencialidades que todas as pessoas possuem.

Ao mesmo tempo, essa determinação aumenta, ainda mais, a nossa responsabilidade sobre o processo de vendas, já que depende somente do empenho em si; e também da força de vontade para aprender novas habilidades.

 

Como vender bem

Existem algumas estratégias de como vender bem, e elas são:

  • Entender a necessidade do cliente
  • Apresentar todos os benefícios do produto
  • Conhecer todos os produtos e todas as informações necessárias para fidelizar os clientes

Saber desses pontos não se trata de um dom, ou de algo que não esteja ao alcance de todos – que alguém já saiba fazer.

Obviamente, algumas pessoas possuem uma facilidade maior para aprender tais técnicas e aplicar no dia a dia.

Mas isso não quer dizer um dom e, sim, que elas conseguiram aproveitar todos os recursos disponíveis e desenvolver essas habilidades.

Em outros casos, vender bem necessita de empenho, dedicação e esforço, e não de algo que já vem pronto desde o nascimento.

Comentários